sexta-feira, 27 de maio de 2016

A saudade que não cura

A saudade não se cura
na secura da cidade.
É sede de água pura.
É pura necessidade.

É que a saudade não cura
na loucura da cidade.
É quando o cara procura.
Procura saciedade.

É que a saudade não cura.

É que a saudade é tontura
na zoeira da cidade.
É pedra em água dura.
É dura realidade.

É que a saudade é loucura
na tortura da cidade.
É quando o traço fissura.
Fissura por sanidade.

É que a cidade tortura.

LUNARTV

Nenhum comentário:

Postar um comentário