sexta-feira, 5 de abril de 2013

Arlequim

Por eu ser de carne e osso
me apaixonei por ti.
Por tu seres de feitiço,
feito enfeite hippie.

Feito festa à fantasia.
A princesa Yasmim.
Feito lâmpada de gênio
e meu desejo de Aladim.

Por tu seres de novela
e eu ser só de pasquim.
Por seres bala perdida
só que tiro de festim.

Por tu seres a história
de uma lenda que ouvi.
Feito invento da memória,
fogo fátuo à noite.

Por tu seres o sereno
no botão que vai se abrir.
Por eu ser o passarinho
Beija flor que vi.

Por tu seres bailarina,
por eu ser um bailarim.
por tu seres Colombina,
por ser eu teu Arlequim.

Lunar



Nenhum comentário:

Postar um comentário